Agir Corpo & Ação

A Terceira Idade e os benefícios das Práticas Orientais

Senior Group Friends Exercise Relax Concept

A Terceira Idade e os benefícios das Práticas Orientais

Sabemos que as pessoas estão vivendo mais, mas é necessário que exista qualidade nesse tempo a mais.
A partir dos 50 anos nossa energia começa a entrar em um processo de queda, o corpo já não tem mais a mesma vitalidade e os processos regenerativos ficam mais lentos,  surgindo então problemas como:
Bursites, tendinites, hipertensão entre outros.
Por isso é necessário à introdução de atividades físicas, ajudando assim o organismo na produção de endorfinas e outros hormônios que atuam no combate aos desconfortos que a idade trás.

As praticas orientais, atuam melhorando a circulação sanguínea, fortalecendo músculos e tendões, aumentando o aporte sanguíneo, melhorando a capacidade respiratória, sempre respeitando os limites de cada organismo.
Alguns exemplos e seus benefícios:

– Acupuntura:
Cuida de forma eficaz das desarmonias causadas por emoções (tristeza, angústia, abandono etc), reduz dores, melhora o sono e o humor, fortalece a imunidade, melhora a absorção do oxigênio. Auxilia no tratamento de doenças reumato-ortopédicas,  agindo nas células ósseas e aumentando a deposição de cálcio.

– Moxabustão:
Utiliza os princípios da acupuntura, porém ao invés de agulha usa-se bastões de Artemísia, ao aquecer profundamente os pontos de acupuntura, libera-se o fluxo de energia, eliminando umidade e frio os causadores de disfunções do organismo.
Auxilia no tratamento de anemias, cansaço, fadiga crônica, nevralgias,  ciatalgias, bronquite, amigdalites, fibromialgia entre outras.

– Massoterapia:
Reduz tensão muscular aliviando dores, estimula à circulação, melhora a oxigenação sanguínea, auxilia na desintoxicação.
O toque nos remete a memórias de infância e maternas trazendo prazer e alegria, estimula o funcionamento neuromuscular, aumenta a autoestima, fortalece vínculos emocionais etc.

– Lian Gong:
Ginástica criada na década de 70 por um ortopedista chinês, que atua fortalecendo  ligamentos e tendões, evitando assim as famosas dores no corpo (3a idade), torcicolos, dores que irradiam para ombro e braços, dores no quadril e joelhos entre  outras. São movimentos fáceis ao ritmo de uma música específica, não tem contra indicação por que atua respeitando o limite de cada um, a amplitude dos movimentos vai melhorando com a prática constante.

– Tai Chi Chuan:
A realização desses movimentos de forma circular continua e lenta, colabora para o equilíbrio e a revitalização das funções dos órgãos, estimula a concentração, a consciência corporal e acalma a mente.
Mas não se engane!Essa prática é capaz de queimar em média 300 calorias hora/aula!

– Qi Kung: Qi Gong (Ti Kun)
A coordenação dos movimentos tonifica os músculos, fortalecem os ossos, beneficiam os órgãos, corrigem a postura, auxiliam na flexibilidade e agilidade,ampliam a capacidade de movimentação ajudando nas tarefas do dia a dia.
Melhora a função respiratória, estabiliza a pressão arterial, e o aparelho digestivo melhorando a absorção dos nutrientes, tornando o organismo mais saudável e resistente.
Combate também estresse, ansiedade, dores musculares e enxaquecas.

🙂 Conclusão:
Como podemos ver, através dessas práticas constantes, melhoramos o todo,  trazendo  mais vitalidade e qualidade para uma vida saudável, equilibrada e feliz!

Márcia de Fátima Lanzellotti

Márcia de Fátima Lanzellotti

Perfil Profissional:
Acupunturista, Shiatsuterapeuta, Terapeuta Floral
Comprometida, determinada e focada no desenvolvimento de ações de curto/médio e longo prazo que gerem resultados para a empresa.
Comunicativa, possuo facilidade para trabalhos em equipe.
www.caminhodaluz-reiki.com.br
Whats: 11 99475-4367 – plenusterapiasorientais@gmail.com

Comentar

Clique aqui para fazer um comentário

Últimos artigos

Assine nossa Newsletter