Bem-estar Sentir

A ESPERANÇA E O AMOR NUNCA SÃO TOCADOS PELO ALZHEIMER

Convido vocês a conhecer a nossa história e quem sabe, tomar um chá de esperança comigo, porque a esperança e o amor nunca são tocados pelo Alzheimer, essa doença só consegue apagar o que está registrado nas dobras do cérebro, mas o coração é terra sagrada e lá ele não entra.

Alzheimer é um furacão que passa pela nossa vida e derruba tudo. É uma mão invisível que arranca todas as nossas certezas, planos, conceitos e regras que inventamos para organizar e suportar a vida.

O que eu aprendi com tudo isso?………com o acompanhamento da evolução da doença

A principal lição é que a vida é muito frágil e nós não temos noção dessa fragilidade. Somos arrogantes demais e acreditamos que sempre teremos uma outra chance de recomeçar e fazer aquilo que amamos; uma outra oportunidade para dizer coisas que ficaram engasgadas; acreditamos que amanhã estará à nossa disposição; que os pais estarão para sempre comemorando nossas vitórias e oferecendo o colo quando saboreamos as derrotas.

Nós sempre achamos que tudo está sob controle e essa doença tira as rédeas da vida da nossa mão e reescreve nossa história, sem que possamos fazer nada para deter esse movimento.

E depois que esse tsunami passou, me vi sozinha e esgotada olhando os pedaços do meu mundo. Então resolvi escrever para tentar transformar o desespero e a dor em lições que me fortalecessem e possibilitassem um novo jeito de olhar e realizar a experiência de existir.

Assim nasceu o “Alzheimer diário do esquecimento”, onde relato a rotina de um cuidador e um paciente de Alzheimer, meus pais.

Assim consegui olhar com mais detalhes, tudo o que vivi com meus pais e pude escrever o segundo livro – “Alzheimer – recolhendo os pedaços”, um passeio pelos escombros que se transformou a minha vida e tento recolher o melhor, para reconstruir e continuar com mais sabedoria e menos saudade e dor.

Atualmente estou escrevendo o terceiro livro – “Alzheimer – a cura do cuidador”, estou tentando me curar através do remédio amargo das lembranças, como se cada dose fosse um veneno que transformo em alimento para a Miriam que está nascendo.

Recomendo  os livros

 

“Alzheimer diário do esquecimento”

“Alzheimer – recolhendo os pedaços

Até o próximo encontro!

Míriam Morata

 

 

Arquiteta, formou-se em filosofia, mestre em Ciência da Religião e pós graduada em Arquitetura Sustentável.

Presidente da ONG recriar.com.você, onde faz pesquisa sobre materiais e sistemas construtivos sustentáveis de baixo custo e hortas urbanas.

Escritora dos seguintes livros:

“Alzheimer diário do esquecimento

“Alzheimer – recolhendo os pedaços

Link para comprar os livros (obs. Não distribuímos em livrarias)

https://www.facebook.com/miriammnovaes/photos/a.126999327956023/256429061679715/?type=3&theater

 

 

Glória Cristina Porto Coelho

Glória Cristina Porto Coelho

Eu, Glória, nasci aqui nesta cidade (São Paulo), que muitos dizem caótica, mas que me acolhe tão bem. Sinto-me honrada por ter meus pais como companheiros, nesta viagem aqui na terra, pessoas sábias que do seu modo me ensinaram a ética e valores que trago comigo até hoje. Com eles aprendi o que é a verdadeira compaixão e entendi a necessidade da colaboração entre as pessoas e o gosto pela terra, pela natureza, pelas plantas e pelo trabalho.
Escolhi estudar Farmácia-Bioquímica sem mesmo saber que ela me levaria na trilha do autoconhecimento, pois a partir das indagações de como melhorar a saúde das pessoas que tanto gosto, descobri que aquilo que tinha nas mãos, apesar de ser uma ferramenta fantástica, “os medicamentos”, eles em algumas vezes não melhoravam as condições de bem-estar e harmonia do ser humano. Foi então que iniciei a busca pelo link oculto entre o científico e o "sentir”, e descobri que há outras ferramentas que melhoraram as condições internas e psicológicas, que necessariamente não passam pelo medicamento, por isso cursei Homeopatia e Naturopatia, onde aprendi sobre aromaterapia, massagens, reiki, noções de cromoterapia e PNL, enfim, percebi mudanças internas e nos outros também. Aliando o trabalho em farmácia com manipulação, que transforma as matérias primas em medicamentos, com as orientações e palavras de conforto, fui apreendendo que a boa vontade em ajudar era a grande ferramenta para dar o start na melhora das pessoas.
O encantamento foi tanto que me especializei em Acupuntura e Fitoterapia, tudo na busca de recursos para o bem-estar do ser humano.
Estudei biologia molecular e me deparei com as verdades da física quântica, a energia do ambiente, enfim tudo se interliga - a ciência, o sentir, as energias.
Percebo que há inúmeras gavetas, portas, “chaves e fechaduras” e elos que acessam a vida dentro de mim, me tornando consciente do meu presente e do meu viver. Sei que posso aliar estas ferramentas e me tornar uma mestre em minha própria vida. Cada vez mais me apaixono por todas estas ferramentas disponíveis que posso utilizar no meu dia a dia.
Estou certa de que quero e sou capaz de passar algumas dicas para vocês, referente à jornada que busca apenas tão somente um bem viver.
Obrigada, muito obrigada sempre!

Comentar

Clique aqui para fazer um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletter





Advertisement